Dia da Ciência e Cultura

IMG-20151029-WA0021Hoje, dia 05 de novembro, comemora-se o Dia da Ciência e Cultura, data instituída pela Lei 5.579 de 1979, em comemoração ao aniversário de Rui Barbosa, importante jurista, político e escritor brasileiro. A data tem como objetivo estimular a produção de conhecimento científico e expressões culturais em todo o país.

Ciência é qualquer conhecimento ou prática sistemática, investigação e estudo. A cultura é o conjunto de costumes ou tradições que são compartilhados por um determinado grupo podem ser de caráter intelectual, artístico ou social. A Cultura está inserida desde o nosso nascimento, pois também é o acumulo das linguagens, fé, valores e tantas outras características construídas coletivamente e passados de geração em geração.

Entendemos que essas duas práticas tem andado sempre lado a lado, pois fazem parte do desenvolvimento humano, seja nos estudos, nos grupos de amigos, na carreira profissional, etc. O sistema educacional e os pais têm o dever de conscientizar as crianças e adolescentes a desenvolver o pensamento crítico e cientifico utilizando sempre da sensibilidade, reflexão e crítica.

No Brasil, tão vasto, tão amplo, com tantas expressões diferentes, com distintas maneiras de ser, de viver, de conviver e de fé múltipla, que vão se modificando de lugar para lugar e, a todo o momento, não podemos falar que existe uma única cultura, mas culturas plurais que o formam.

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, é uma das organizações que atua com o objetivo de contribuir para a paz e a segurança no mundo sempre atuando com ações em prol do desenvolvimento e acesso total e irrestrito a ciência, cultura e educação como o próprio nome já cita.

Rui Barbosa

Eminente estadista brasileiro, foi o pioneiro da cidadania e dos direitos humanos, um dos mais importantes personagens da História do Brasil. Era dotado de inteligência privilegiada e de grande capacidade de trabalho. Foi presidente da Academia Brasileira de Letras em substituição ao grande Machado de Assis. Representou o Brasil na Segunda Conferência Internacional da Paz, em Haia e também foi eleito Juiz da Corte Internacional de Haia, um cargo de enorme prestígio. Cidadão exemplar, ainda hoje sua memória é fonte de inspiração para um grande número de brasileiros.

Paz e Bem!