Prova de atletismo movimenta Jogos Cooperativos do IDB

A prática de exercícios traz uma série de benefícios para a saúde. Músculos, sistemas circulatórios, respiratório e ossos são áreas que se beneficiam dessas atividades. A mente também é estimulada com essa prática. Seja por meio da liberação de neurotransmissores, pela relação interpessoal ou até pela preocupação com a alimentação, os exercícios físicos ajudam a promover o bem-estar nos praticantes.

Reconhecendo os benefícios proporcionados através do esporte, o Instituto Dom Barreto realiza tradicionalmente os Jogos Cooperativos. O projeto conta com a participação de alunos do 2º ao 5º Anos do Ensino Fundamental, que aprendem valores preciosos de cooperação ao próximo, além de outras práticas de cidadania. Nos jogos, os alunos participam em seus turnos de provas em diversas modalidades, tais como: atletismo, queimada, futsal, judô, bambolê, xadrez, handebol, show ball e corrida.

as-meninas
Os Jogos contam com a participação de alunos do 2º ao 5º Anos do Ensino Fundamental.

Neste ano, os Jogos iniciaram no dia 1º de outubro e serão encerrados no dia 4 de novembro. Fazendo parte desta programação, foram realizadas no sábado (22), provas de atletismo para os alunos do 4º Ano do Ensino Fundamental. Os brilhantes percorreram os 100m da pista de corrida do setor de esportes da Universidade Federal do Piauí (UFPI).

A Coordenadora da disciplina de Educação Física, Alda Dantas, afirma que a prática esportiva contribui para o desenvolvimento da coordenação motora, assim como ensina valores aos alunos. “Nos Jogos, temos atividades ligadas diretamente ao esporte, mas temos também ações extras, como a formação do indivíduo e as qualidades de cada pessoa. E o esporte é fundamental para ensinar tais lições, pois a prática esportiva tem esse legado de fazer com que as crianças aprendam tais preceitos”, conceituou.

Alda Dantas explicou que durante o ano inteiro a disciplina de Educação Física oferece diversas atividades esportivas. Para encerrar as atividades, o IDB promove os Jogos Cooperativos para verificar tudo que os alunos aprenderam em sala de aula. “Nos jogos, cada turma irá atingir uma pontuação geral ao final. Nas nossas tabelas, temos as medalhas de cooperação, mas que dependem muito mais do perfil do indivíduo, do respeito ao próximo e do cumprimento dessa forma social de viver, como respeitar o ganhar e o perder. Em seguida, somamos tudo e verificamos qual turma alcançou a maior pontuação”.

dsc04733
Alunos vibram com os resultados das provas.

Animada com as provas, a aluna do 4º Ano B, Maria Clara Araújo Magalhães, de 9 anos, declarou que é legal os Jogos Cooperativos. “O que eu mais gosto é de corrida”, afirma. Posteriormente, a aluna pretende praticar natação também. Já a aluna do 4º Ano B, Luna Fortes Mendes, de 10 anos, expressou que gosta muito dos Jogos. “É muito legal ganhar. Mas também é importante saber participar, seja ganhando ou perdendo. Porque se o aluno ganha, ele recebe três pontos. Mas se ele coopera, ele também ganha três pontos. Então o valor da cooperação é de igual valor com o da vitória”, disse.

Marcos Morais de Oliveira, pai do aluno Felipe Carvalho Morais, relata que notou uma melhora no desenvolvimento do filho, tanto em questões sociais (novas amizades) como também os benefícios físicos. “Depois dos jogos, ele despertou para outras práticas esportivas. Ele agora pretende fazer futebol e judô”, exprimiu.

dsc04800
Mães e pais acompanharam os filhos durante as provas.

A mãe da aluna Lavínia Machado, Élida Fabrícia Machado, também reconheceu a importância dos jogos cooperativos. “A minha filha, assim como todas as crianças do IDB, está sendo incentivada a treinar e a praticar esportes. Não só em disputar e ganhar os Jogos, mas também em cooperar e ajudar aqueles que não têm um desempenho muito bom. Sobretudo, o que achei de maior destaque foi esta prática de atletismo neste sábado, em um espaço oficial de esportes da UFPI, que de certa forma irá estimular os alunos a outras atividades. E com essa integração com outros alunos, a minha filha reforçou as amizades. Ela formou uma liga mais forte com as colegas, onde umas torcem pelas outras e sabem que precisam evoluir juntas para conseguir um resultado positivo”, avaliou.

A prova de atletismo dos Jogos Cooperativos do IDB contou ainda com o apoio da Humana Saúde. Somos gratos pelo auxílio da Humana Saúde nos jogos.