IDB homenageia Professor Marcílio Rangel no Dia do Diretor de Escola

No dia 12 de novembro, é comemorado o Dia do Diretor de Escola. Em menção à data, o Instituto Dom Barreto (IDB) elaborou uma matéria especial para homenagear a nossa diretora, professora Stela Rangel, e o saudoso professor Marcílio Rangel de Farias, que é exemplo de inspiração no modelo de gestão escolar e que não abria mão da qualidade, da excelência e que, sobretudo, fazia tudo com muito amor e dedicação.

A diretora Stela Rangel lembrou do querido Professor Marcílio ao ressaltar que ele era um educador visionário que desejava a excelência. “Por esse motivo, conseguia fazer com que os professores da Escola se sentissem motivados, engajados e comprometidos com um projeto educacional que almejava o alcance de resultados cada vez melhores. Daí ter sido exigente não apenas consigo mesmo, mas também com toda a comunidade dombarretana – alunos, professores, funcionários, pais e mães – com quem conviveu. No entanto o que mais admirava em sua gestão era o propósito de fazer da Escola um espaço possível de realizar mudanças pela prática educativa. Ele sabia que a educação é a única via capaz de minimizar as desigualdades sociais, permitindo aos alunos usar os conhecimentos, articulá-los e transformá-los em proveito de si e da comunidade, por isso tinha tanta determinação para buscar a excelência”, declara.

professor-marcilio
IDB homenageia o Professor Marcílio Rangel, exemplo de inspiração no modelo de gestão escolar.

Ainda segundo a diretora, o principal desafio que teve na gestão escolar foi dar continuidade ao trabalho iniciado pelo professor Marcílio. “Embora tivéssemos a certeza de estar trilhando o caminho certo, sabíamos também que o grau de responsabilidade dos que o sucederam tornava-se cada vez maior. Como conquista ressaltamos o apoio da comunidade teresinense que em momento algum deixou de confiar no Instituto Dom Barreto, enquanto instituição que tem primado pela formação dos seus alunos, proporcionada pelo competente trabalho de bons professores e abnegados  colaboradores”, afirma.

Assim, o diretor escolar é o principal mediador entre a comunidade na qual a escola está inserida e a família. Na concepção da diretora Stela, o gestor escolar deve ter um olhar diversificador, em torno de todos os ângulos, ou seja, deve conhecer a família, seus alunos e o contexto social em que a escola está inserida.

“Precisa também estar ciente das demandas ligadas à escola e, assim, poder realmente fazer uma gestão que as contemple.  Por esse motivo, deve ser dinâmico, versátil, comunicativo e humano. É hora de deixar o seu casulo e participar cada vez mais dos processos de mudança que acontecem no mundo contemporâneo. Afinal, a velocidade com que a informação se multiplica e se acumula, tornando o conhecimento volátil, constitui uma realidade incontestável. Isso faz com que o diretor não possa mais conviver com uma estrutura clássica do ensino. Urge, portanto, que contribua para dinamizar o processo de construção e aquisição do conhecimento, nos moldes que a atual sociedade exige”, finaliza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *