Aprendendo a estudar


Este ano, o Instituto Dom Barreto iniciou o projeto de “Autorregulação da Aprendizagem e Neuroeducação”, voltado para os alunos do 4º, do 5º e do 6º Ano do Ensino Fundamental, com o intuito de desenvolver novos hábitos e competências para os estudos. Nesta quinta-feira, 30 de março, a psicóloga responsável pelo projeto, Emanuele Araújo, se reuniu com os pais dos alunos que entraram recentemente no grupo para explicar o processo e orientá-los sobre os procedimentos e técnicas que tornam o estudo em casa mais agradável.  

Durante o encontro, realizado no auditório da AESC, os pais dos alunos do 4º e 5º Anos do Ensino Fundamental assistiram atentos às observações e explicações feitas pela psicóloga.  

“A intenção principal do projeto é ajudar o aluno a se tornar mais independente em relação as suas atividades escolares, inclusive o ato de estudar; além de ter uma relação mais positiva com os estudos porque, aqueles que não conhecem estratégias de aprendizagem, tendem  a não se engajar tanto com seus estudos. Então, para evitar conversas, evitar que eles tenham um desempenho baixo ao longo do tempo e evitar sofrimento psicológico, que é o principal, é fundamental que os pais sejam orientados sobre as formas de como podem ajudar o filho a se tornar um aluno melhor do que já é!”, explicou a psicóloga.

Na ocasião, Emanuele distribuiu um quadro com planejamento de estudos para os pais seguirem em casa com os filhos e complementou a importância destas atividades serem realizadas em casa.

“O grande benefício que o estudante irá ter ao realizar esse quadro é uma mudança de comportamento. Os alunos que participam desse projeto serão mais autônomos, mais responsáveis e comprometidos com o ato de aprender. Eles terão uma relação mais positiva, com menos sofrimento psíquico, com o ato de estudar. Por isso a importância de organizar a rotina dos alunos, juntos com os pais”, finalizou Emanuele.

 

Paz e Bem!