Alunos do 4º Ano do Ensino Fundamental montam mural com mensagens sobre a Quaresma

No início da Quaresma, o Papa Francisco fez um pedido aos fiés em relação à prática do jejum, no qual orientou que “Se você não puder fazer um jejum total, que faz sentir fome até os ossos, faça um jejum humilde, mas verdadeiro, que vem do coração”. Isso levou os alunos do 4º Ano do Ensino Fundamental a fazerem um mural inspirado nas sugestões do Pontífice.

No mural, estão expostos quatro tipos de jejum que devemos fazer. Segundo o Papa, são o jejum de palavras negativas, de descontentamento, de raiva e pessimismo. Movidos pelas palavras e do líder da Igreja Católica, os alunos completaram o quadro branco com post-its coloridos e cheios de amor que traziam orientações de como devemos agir nesta Quaresma.

O Papa associa o tempo quaresmal à solidariedade para com os que mais necessitam. Pregando essa caridade como meta de estilo de vida para todos, Francisco diz que essas ações e pensamentos proporcionam um crescimento individual e coletivo, libertam da ganância quem os pratica, além de contribuir para o desenvolvimento da empatia com o próximo.

A aluna Maria Luíza Meireles explica que, para vivermos em paz e refletirmos durante a Quaresma, temos que deixar de fazer coisas ruins e nos enchermos de coisas boas.

As colegas de turma, também do 4º Ano, Alice Miura, Ariane Mendes e Maria Laura Veloso afirmaram que o mundo precisa deixar as brigas de lado para que todos nós possamos ter mais amor em nossos corações.

A aluna Rebeca Cordeiro defende que necessitamos manter o jejum mesmo com o fim da Quaresma: “Devemos espalhar amor e transmitir a positividade para toda a comunidade. Nós devemos ignorar as coisas ruins que fazem com a gente, fingir que não escutamos e passar para frente. Assim, a vida terá outro sentido e uma nova energia”, finalizou a aluna.