Professores do IDB participam de curso de Design Thinking

 

Os professores do Instituto Dom Barreto imergiram nesta terça-feira, 26/11, na Cultura Maker através do curso de Design Thinking ministrado pela empresa especialista na área, Nave à Vela, de São Paulo. No Laboratório Maker, a equipe se reuniu para uma vivência, por meio da teoria e da prática, sobre como essa metodologia pode ser utilizada a favor da aprendizagem.

Durante o curso, os instrutores Luiz Eduardo e Francieli Gomes debruçaram-se sobre o tema e mostraram como a Cultura Maker tem se difundido no mundo de forma surpreendente. Para quem ainda não sabe, essa cultura parte da premissa de que todo mundo é capaz de criar e reinventar objetos, além de realizar projetos incríveis. Segundo o instrutor do curso, Luiz Eduardo, essa cultura é o ponto de partida para a construção de uma Cultura de Inovação, em que o aluno será o explorador e construtor do seu próprio mundo.

Pode-se observar também, em meio à capacitação, que o trabalho do professor tem deixado de ser informativo para se tornar mais propositivo. Afinal, o professor tem um papel de facilitador, que conduz processos educativos e não mais um detentor de conhecimento.  Hoje, o profissional desenvolve mais um papel de facilitador, de conduzir processos educativos e não somente de detentor do conhecimento. E dentro deste contexto, o curso de Design Thinking foi trabalhado, mostrando as metodologias ativas, ressaltando que esse empoderamento é um processo contínuo de aprendizado.

A ideia é colocar os professores para vivenciar a metodologia do Design Thinking  que os alunos já estão entrando em contato no Laboratório  do IDB. “Trabalhamos a definição, porque é importante e colocamos os professores para poder solucionar os problemas. Ao final, tivemos a prototipação das soluções que eles criaram e a apresentação e a reflexão do que eles entenderam e como isso poderia ser implantado em sala de aula”, comentou a gestora de Inteligência Pedagógica e instrutora do Curso, Francieli Gomes.

Para o professor de Robótica e Laboratório Maker do IDB, Jenner Vaz, a metodologia de Design Thinking é possível através da prática. “Essa é uma técnica que faz com que professores se coloquem na posição do aluno, pensando como ele. Assim, você consegue encontrar a solução mais fácil e de forma mais simples. Isso é muito bom e é possível, é uma questão de prática”.

Uma tarde de grandes aprendizados e um passo apurado para o futuro e a inovação.