Aluno do IDB é selecionado para representar o Brasil na Olimpíada Internacional de Física

DSC_8544Felipe Vieira Coimbra, aluno da 3ª série D do Ensino Médio, do Instituto Dom Barreto, foi selecionado para a Olimpíada Internacional de Física (International Physics Olympiad – IphO). Ele é o único piauiense que vai representar o país neste torneio que acontecerá em Mumbai, na Índia, de 5 a 12 de julho deste ano.

De acordo com o professor de Física do IDB, Rawlinson Ibiapina, em 46 anos de competição o Felipe passa a ser o terceiro piauiense a conseguir ser classificado para IPhO e a fazer parte da equipe brasileira. “Outros quatro alunos do Brasil irão compor o time. Esta é sem dúvida a mãe de todas as competições de ciências. Possui a participação de mais de 90 países com mais de 400 competidores”, diz.

O professor ainda explica como vai funcionar a IphO 2015. “Ele [Felipe] se submeterá a uma prova teórica com três problemas, com nível de dificuldade avançado e que durará cerca de 5h. A outra é uma prova experimental com duração semelhante. Nesta última ele deve montar um experimento e responder questionamentos sobre os resultados obtidos”. Rawlinson acrescenta que Felipe é um aluno notável e que tem se dedicado ao longo destes três anos para alcançar seu sonho. “Ele irá mais longe, pois possui potencial altíssimo e consegue manter sua serenidade. Todos nós estamos confiantes que fará uma ótima competição e que representará de forma brilhante o nosso Estado e o nosso país”.

Devido à seleção de Felipe, um professor representante da escola foi convidado a fazer parte do time, neste caso, Rawlinson Ibiapina. “Será uma honra poder acompanhar o Felipe nesta competição e de já parabenizo e agradeço o apoio recebido pelos colegas da equipe de física e pela direção, nas pessoas da Professora Stela Rangel e Marcela Rangel”, conclui.

Antes da viagem à Índia, Felipe fará três cursos de preparação para a Olimpíada. “O primeiro será na próxima semana. Um vai ser na Unicamp, outro na USP e outro no ITA. Eles vão focar especialmente na parte experimental, ou seja, manuseio de instrumentos, realização de medidas experimentais. Coisas bem relacionadas com a física experimental mesmo dos laboratórios”, comenta Felipe.

O brilhante amanhã agradece ainda o apoio dos professores e espera poder trazer a medalha para o Brasil. “Espero poder dar meu melhor pra representar o Brasil e também o estado. Trazer uma medalha. Mas também aproveitar o momento lá para conhecer pessoas novas e ter uma experiência tão boa quanto tive na Romênia ano passado. Acho que nesse momento o melhor seria agradecer. Agradecer a todos os amigos que deram suporte. E especialmente aos professores da equipe de física do IDB. Rawlinson, Herbert e Adivaldo que tão me dando todo suporte. Porque isso é um projeto, tem mais de dois anos que estudo física muito aplicadamente. Me esforçando pra tentar a vaga na equipe. Porque essa foi minha segunda tentativa, na primeira eu não passei pra etapa final da seleção. Dessa vez eu competi numa categoria com mais vagas e passei pra final que foi em São Paulo, capital, e deu tudo certo”.

Entre os dias 24 e 29 de maio, Felipe estará em treinamento em Campinas – SP acompanhado pelo professor do laboratório de Física do IDB, Antônio Sales. Desejamos ao nosso brilhante amanhã força, mais garra e sucesso!

Paz e Bem