José Vicente de Castro Silva

10001210_287507978074066_839604263_oJosé Vicente de Castro Silva, 27 anos, nasceu em São João do Piauí, é médico intensivista e foi morador da Casa Dom Barreto e aluno do Instituto Dom Barreto. Na CDB, José Vicente chegou em 2001. Ele estudou o Ensino Fundamental em São João do Piauí e por intermédio da diretora do seu antigo colégio (a Sra. Expedita), que era amiga do professor Marcílio Rangel, José Vicente ganhou uma bolsa de estudos integral no Instituto Dom Barreto. Como não tinha parentes aqui, nem condições de conseguir moradia por conta própria ou de sua família, o professor Marcílio lhe ofereceu a Casa Dom Barreto para morar.

A vida estudantil, o vestibular e as lembranças de tantos momentos importantes

Assim que José Vicente chegou em Teresina, em 2001, começou logo a estudar no IDB cursando a 1ª Série do Ensino Médio e permanecendo até a 3ª Série. Em 2003, nosso antigo aluno foi aprovado no vestibular para Medicina na Universidade Federal do Piauí (UFPI). “O IDB completou, portanto, minha formação estudantil e minha formação como pessoa, visto que entrei lá ainda muito jovem, aos 13 anos de idade, e, portanto, ainda imaturo. A convivência com a disciplina do colégio, as amizades, os ensinamentos do professor Marcílio e a Casa Dom Barreto me ensinaram muito”, diz o jovem.

576631_185511738305253_1097711616_n
José Vicente com uma parte dos amigos da sua turma de Medicina – UFPI

José Vicente também recorda sobre o que mais lhe marcou enquanto morador da CDB e aluno do IDB. “Na Casa Dom Barreto era marcante ter que aprender a conviver com muita gente junta – várias pessoas, várias mentes, muitas histórias de vida diferentes, muitas bastante complicadas, conflitos – mas que no final das contas era, e é, apenas uma grande família, bem intensa. Era interessante também a questão do duplo convívio – a Casa Dom Barreto com suas muitas crianças carentes e o IDB com pessoas em sua maioria da elite econômica piauiense. Mas ambos ambientes incríveis de aprendizado e crescimento”.

A ligação de José Vicente com o IDB e a CDB continuou depois da academia

Nosso antigo aluno fez toda sua graduação na UFPI, formando-se em médico no início de 2010. Em seguida, iniciou a residência médica (especialização) em Clínica Médica na UFPI, no Hospital Getúlio Vargas (HGV), que concluiu no início de 2012, quando ingressou em uma segunda residência, também no HGV, mas, desta vez, pela Faculdade de Ciências Médicas (FACIME) da Universidade Estadual do Piauí (UESPI). “Durante toda a graduação trabalhei paralelamente no IDB, inicialmente como monitor de alunos na biblioteca e posteriormente como professor do colégio. Ministrei aulas de reforço em matérias de exatas para o Ensino Médio e posteriormente a disciplina de Ciências para  7ª série do Ensino Fundamental [atual 8º Ano do Ensino Fundamental]”, acrescenta.

10455915_785024064851080_2494151220993398230_n
José Vicente foi o homenageado da 20ª Turma de Medicina da UESPI. Na foto, o médico recebe o certificado de duas alunas.

Durante as residências médicas, José Vicente trabalhou nos seguintes hospitais: Prontomed Adulto, Hospital de Terapia Intensiva – HTI, Hospital São Marcos e Hospital Itacor. “Atualmente sou médico intensivista nas UTIs do Hospital de Terapia Intensiva – HTI e  do Hospital Universitário (HU) da UFPI”, reforça o médico, declarando ainda que regularmente visita e mantém contato com a Casa Dom Barreto. “Sempre que precisam de mim, tia Lourdes, diretora da Casa, me liga e ajudo no que posso”.

Para o futuro profissional, nosso antigo aluno pensa em tentar aproximar-se mais da vida acadêmica, fazer Mestrado, talvez Doutorado, e ser professor de Medicina. “Também não descarto a ideia de talvez fazer uma terceira especialização. Mas isso ainda está em aberto”, conclui.

Paz e Bem!