Alunos crismados participam do retiro Projeto de Vida

Nesta sexta-feira, foi realizado o Retiro dos Crismados do IDB 2015, no sítio Porciúncula. Durante o retiro, que este ano foi nomeado “Projeto de Vida”, os alunos louvaram, refletiram, debateram e trabalharam temas como amizade e família.

Ao chegar, os dombarretanos participaram da oração do amanhecer, feita através de uma benção com pétalas de rosas e o famoso cheirinho do professor Marcílio Rangel. Em seguida, participaram da dinâmica dos talentos, baseada na Parábola dos Talentos. “Na parábola, Jesus disse que cada um recebe dons. E esses dons precisam ser multiplicados. Quando nós nos omitimos de trabalhar esses dons, principalmente a nosso favor e a favor do outro, é como se esse dom não se desenvolvesse.  Então, quanto mais nos doamos para o outro, mais os nossos dons se multiplicam”, explicou a professora Sandra Reis, coordenadora da Crisma.

Como parte da dinâmica dos talentos, os alunos receberam um copinho com água, e dentro uma rosinha fechada. A rosa tem um significado muito especial para os alunos. “Essa rosinha foi se abrindo gradativamente. Quando ela se abriu, os alunos viram uma palavra. Para cada aluno tinha uma palavra, ou seja, um dom, que podia ser gratidão responsabilidade, espiritualidade ou fé. Então, pegamos aquele dom para que eles pensassem que o quê estão recebendo é um dom de Deus para,  assim, refletir”, explicou a professora Sandra.

Os alunos também assistiram à palestra ministrada pela psicopedagoga da Escola, Irlane, sobre o tema Amizade. E o louvor não poderia faltar. Os alunos recordaram os dois anos de preparação para a Crisma cantando as mais belas músicas de espiritualidade trabalhadas durante os encontros.

O turno da tarde foi um momento de delicadeza e sensibilidade. Os professores trabalharam com os crismados a importância da família no projeto de vida. “Após o debate sobre o tema Família, eles escreveram uma carta aos pais, recordando  o período da infância, os primeiros passos na escola, os momentos vividos em família”, explicou a professora.

Mas a emoção não parou por aí. Os alunos receberam presentes dos pais e, ao abrirem, descobriram que a família também tinha escrito para eles. Emocionados, os alunos leram as cartas dos pais, avós e irmãos. E para completar a ocasião, os pais apareceram de surpresa para poder abraçar e compartilhar, juntos, toda a emoção sentida naquele momento.  O encontro encerrou com uma celebração e a benção final. Foi um dia para firmar na memória e no coração dos crismados.

Paz e Bem!