Dia do Carinho

“Ele dizia o que pensava, com esperança.

Pensava o que fazia, com fé.

Fazia o que devia fazer, com amor.

Ele se esforçava para ser cada dia melhor, pois acreditava que bondade também se aprende.”

Adaptado, Cora Coralina

Chegou mais um dia 17 de agosto. Dia em que os ipês que colorem nossa capital estão mais floridos. E não é à toa que tamanha beleza contempla este dia especial, comemorado carinhosamente por toda a comunidade dombarretana. Hoje, nosso saudoso Marcilio Flávio Rangel completaria 60 anos. Anos de luta incansável por uma educação justa.  E como forma de agradecer, de reconhecer e de conservar tudo o que foi feito por ele a toda esta comunidade, o Instituto Dom Barreto comemora nesta quinta-feira o Dia do Carinho.

Carinho é uma manifestação de solidariedade, compaixão, afeto e atenção trocada entre os seres vivos. Um gesto de carinho não se restringe apenas ao contato físico, como beijos e abraço, mas, também, a ações mais abrangentes e simbólicas. Ações estas que se faziam presentes na vida do professor Marcílio.

Comemorar o aniversário de Marcílio Flávio é comemorar a escola. É comemorar o carinho que ele dedicou às crianças, às instituições, aos idosos, aos amigos e a todos de forma geral.

Dono de um coração sem tamanho, carregado de amor e espiritualidade, dedicou, por amor, sua vida à educação.  Como ele mesmo dizia, “A vida nem é da gente… Só que para entregá-la precisamos de muito amor!”.  Em cada canto do IDB, seu cheiro, suas ações e seu amor se fazem presentes.

Com seu jeito carinhoso e cheio de gentileza, transformou o IDB num projeto que vai além do pedagógico, transformou tudo e todos que fazem parte da comunidade dombarretana em uma grande e inestimável família. Em 10 de maio de 2006, aos 49 anos, nos deixou e cumpria seu papel, tornando-se símbolo de excelência em educação e um dos mais influentes educadores no Piauí, com legado e história no Estado. Ele se foi, mas suas marcas continuam intactas, cada vez mais fortes dentro de nós.

Existem muitos símbolos que são fortes lembranças do professor Marcílio para esta comunidade. Porém um, em especial, vale ser ressaltado! A árvore do algodoeiro. Ou melhor, as árvores do algodoeiro plantadas ao redor da escola, com suas folhas em formato de coração. Quem vem hoje ao IDB sabe o quanto elas significam. Estas árvores significam vida, amor e carinho!

Neste dia, não se esqueça de fazer, de dar carinho a quem você ama. De estender a mão a quem precisa, de abrir um sorriso para quem está ao seu lado. Retribua a atenção, o abraço e todo sentimento sincero de amor e carinho. Não há sensação mais maravilhosa que receber este afeto. Viva este Dia!

Feliz Dia do Carinho!