Evento em comemoração aos 30 anos da Psicologia Escolar no Piauí

Em comemoração aos 30 anos da Psicologia Escolar no Piauí e ao Dia do Psicólogo, celebrado no último dia 27 de agosto, a Equipe de Psicologia do Instituto Dom Barreto se reuniu no Convívio Cultural, neste sábado, 3 de setembro, para confraternizar e discutir sobre temas importantes e a respeito do pensamento crítico e do exercício profissional do psicólogo no campo da educação.

O Psicólogo Escolar no Piauí se apresenta em uma prática longitudinal desde os finais dos anos 80 e se constituiu, a princípio, como um profissional que atendia uma demanda de atenção às pessoas especiais. Com sutileza e de forma tímida, tal profissional se insere também em escolas particulares, nas quais vem se firmando na última década.

WhatsApp Image 2016-09-02 at 18.11.35A Psicologia Escolar teve como base uma atuação, a princípio, remediativa, vinculada ao modelo médico, trazendo consigo soluções mágicas e imediatistas sob o olhar dos outros. Sua relação com a educação é muito próxima e seu desenvolvimento se dá como psicologia aplicada à educação, principalmente para diagnosticar e classificar crianças com dificuldades e distúrbios de aprendizagem.

“Nos dias atuais o psicólogo vem pautando suas ações em uma perspectiva de apoio à inclusão e não exclusão da criança e do adolescente aos processos educativos, acreditando ser o espaço da educação formal um lugar onde permeiam as relações sociais, a convivência e o respeito às diferenças”, explicou a coordenadora da Equipe de Psicologia do IDB, Delite Barros.

No IDB, o Apoio Escolar Especializado Santa Clara, AESC, espaço considerado de referência para o serviço de Psicologia na escola, foi criado em setembro de 1997, com objetivo voltado para o estudo da natureza da aprendizagem humana e seus processos. Aprendizagem concebida como capacidade de processar, armazenar e usar a informação a ponto de estruturar em condições de intervenção e investigação aplicada, para daí se obterem dados que expliquem as mudanças, o progresso, a compreensão e fundamentalmente a prevenção e a intervenção no campo das relações inerentes as redes sociais, dificuldades e distúrbios de aprendizagem.

É imperioso ressaltar que práticas desenvolvidas aqui na Escola contribuem para a solução de problemas do cotidiano escolar, pois agregam as instituições, a família e a escola, o grupo de convivência de pais, aproxima a escola das distintas realidades e perfis familiares, assim como enseja às famílias uma participação ativa e próxima das caracterizações do cotidiano escolar.

Ainda como parte da programação, os participantes também assistiram a palestra da psicóloga da Escola e professora doutora, Carla Andréia Silva, sobre “Neurociências e Educação: possibilidades em discussão”. A palestra teve como objetivo contribuir para a compreensão da relação entre a Neurociência e o processo de aprendizagem e seguiu a mesma metodologia desenvolvida na última quarta, 31 de agosto, quando foi apresentada aos pais dos alunos do 1º ao 4º Ano do Ensino Fundamental.

0ab6d9cb-51cc-4a32-a1fd-5a8c2c5771f9

O Psicólogo Escolar é de suma importância para a comunidade educacional. Atuar no cotidiano escolar necessita de uma boa formação imbuída de habilidades e conhecimento diversificado nas áreas de atuação da psicologia. Parabenizamos a Equipe pela iniciativa.

Paz e Bem!