IDB recebe HEMOPI para Campanha do Pedro Augusto

Hoje, 24 de junho, o Instituto Dom Barreto recebe, das 8h às 17h, o HEMOPI (Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí) para o cadastro de medula óssea. A campanha visa o cadastro do maior número de pessoas possíveis. Desta forma, existem maiores chances de encontrar um doador compatível com o nosso aluno, Pedro Augusto Nunes, bem como, ajudar milhares de pessoas que precisam desta doação.

Pedro Augusto tem 8 anos e é aluno do 3º Ano do Ensino Fundamental do IDB. No dia 2 de abril, ele iniciou uma hepatite aguda de etiologia desconhecida, que evoluiu causando uma aplasia medular, diagnosticada por meio de uma biopsia de medula, no dia 18 de maio. A aplasia medular é uma doença rara, caracterizada pela alteração no funcionamento da medula óssea. Nesta doença, o indivíduo não é capaz de produzir de forma satisfatória hemácias, plaquetas e leucócitos, que são as células que compõem o sangue. Os sintomas da aplasia medular incluem anemia, manchas escuras na pele ou mucosas, devido à diminuição do número de plaquetas, e infecções frequentes, devido à diminuição das defesas do organismo.

Segundo Idalberto Carlos de Oliveira, pai de Pedro Augusto, a ação de hoje é muito importante para salvar diversas vidas. “Primeiro eu quero agradecer ao Dom Barreto pelo apoio e por proporcionar a mim e a minha família este momento e dizer que é muito importante essa participação das pessoas, não só para o Pedro Augusto. Eu sinto na pele porque sou pai, mas é importante ressaltar que, como o Pedro Augusto, existem muitas outras pessoas que estão precisando de um simples ato como este”.

Idalberto ainda comenta sobre o atual estado de saúde do filho. “Hoje, o Pedro Augusto está muito bem em relação ao que ele estava antes, porque, em São Paulo, ele pegou pneumonia, infecção hospitalar e infecção sanguínea, então, foi um pouco crítico o estado dele. Mas, em relação ao que ele estava antes, está muito melhor. Ele tomava plaquetas de 12h em 12h, depois passou para 24h, 48h e agora as taxas dele têm melhorado consideravelmente e, provavelmente, na próxima sexta-feira [26] ele terá alta do hospital e irá ao hospital, mais ou menos, umas duas vezes por semana para receber as plaquetas”.

A prima de Pedro Augusto, Lana Cabral, foi uma das pessoas que fez o cadastro hoje. Ela também aproveita a oportunidade para dizer o que sentiu no momento. “Eu um ato de amor. Para todo mundo que precisa, a gente faz a doação sendo solidários e gentis e quando é da família, a gente faz com mais amor ainda. Além disso, ajudamos não só ele, mas outras pessoas que estejam precisando”.

Se você deseja ajudar o Pedro Augusto, pode fazer isso de diversas formas. A primeira é fazer parte do banco de medula e ajudar o nosso aluno, assim como tantas outras pessoas que precisam deste grande gesto de amor ao próximo. Para isso, dirija-se ao Hemocentro ou Hemonúcleo de sua cidade, portando documento com foto e cadastre-se. O cadastro consiste em preencher um formulário com dados pessoais e realizar a coleta de uma amostra de sangue com 5mL para testes de compatibilidade. Suas características genéticas serão colocadas no Registro de Doares Voluntários de Medula Óssea e você passa a ser um doador.

Mas, lembre-se: você precisa ter entre 18 e 55 anos de idade e estar em bom estado geral de saúde (não ter doença infecciosa ou incapacitante). Uma vez no cadastro, você poderá ser chamado até os 60 anos, se identificado como compatível com algum paciente. No Piauí, o cadastro é feito no HEMOPI, que funciona de segunda a sexta, de das 7h30 às 18h. Você também pode fazer seu cadastro no próximo dia 24 de junho, no IDB, das 8h às 17h.

A segunda maneira é participar do show beneficente do humorista Amauri Jucá, dia 2 de julho, às 19h, no auditório Ipê da UNINOVAFAPI. Os ingressos custam R$ 25,00 e podem ser adquiridos no setor financeiro do Instituto Dom Barreto. A renda do show é para ajudar financeiramente a família. Por falar nisso, a terceira forma de ajudar o Pedro Augusto é depositando qualquer importância na seguinte conta da mãe, Amanda Torres Nunes: conta corrente – nº 219756-1, agência 5027-x.

Desejamos, o mais rápido possível, a saúde do nosso querido aluno. Que um doador compatível seja encontrado logo, logo.

Paz e Bem!