Os alunos do 8º e 9º Anos do Ensino Fundamental e 1ª e 2ª Séries do Ensino Médio participam de projetos de empreendedorismo

Em preparação para o IDB Start, os alunos dos 8º e 9º Anos do Ensino Fundamental e das 1ª e 2ª Séries do Ensino Médio, acompanhados de 10 colaboradores do IDB, entre funcionários da contabilidade, professores de robótica e psicólogos, aprendem, através de projetos de empreendedorismo, estratégias para montar uma empresa.

 

Atualmente, o Ensino Fundamental não pode mais se limitar à alfabetização e a formação básica. É preciso preocupar-se com a preparação do aluno para enfrentar os desafios futuros do mercado de trabalho. Pensando nisso, o SEBRAE/SP desenvolveu o curso “Jovens Empreendedores Primeiros Passos – JEPP”, que está sendo vivenciado pelos alunos do 8º e 9º Anos do Ensino Fundamental do Instituto Dom Barreto. Esse curso, que depois foi nacionalizado, tem por objetivo a disseminação da cultura empreendedora entre crianças e adolescentes (de 6 a 14 anos) do Ensino Fundamental, para neles despertar e fortalecer o espírito e o comportamento empreendedor, de forma a estimular o protagonismo juvenil e a iniciativa futura na busca de possibilidades de inserção no mercado de trabalho, por meio de uma postura empreendedora ou da criação de negócios próprios.

 

O “JEPP” está alicerçado em dois eixos centrais: “Comportamento Empreendedor” e “Plano de Negócios,” e de forma transversal, são trabalhados os temas “Cultura da cooperação”, “Cultura da inovação”, “Ecossustentabilidade” e “Ética e cidadania”. Assim, evidenciou-se que a proposta do curso está conectada com a missão do SEBRAE, que é a de “Promover a competitividade e o desenvolvimento sustentável das micro e pequenas empresas e fomentar o empreendedorismo.” Logo, enfatiza-se que proporcionar o debate, o estudo e a prática do empreendedorismo nas salas de aula, como alternativa para despertar o espírito empreendedor nas crianças e jovens, é uma das formas de fomento ao empreendedorismo.

 

Com os alunos da 1ª Série do Ensino Médio foi desenvolvido o Projeto “Despertar”, também em parceria com o SEBRAE, que segue o mesmo modelo do Projeto “JEPP” e visa despertar as habilidades empreendedoras nos jovens estudantes. A aluna Nathally Ribeiro Lopes, da 1ª Série, conta que a experiência com o grupo de 11 alunos está sendo um verdadeiro desafio, porém, repleta de aprendizados. “Nosso Projeto é uma espécie de ‘correio elegante’, uma brincadeira típica de festa junina, em que o cliente escreve um bilhete e nós entregamos para o destinatário de uma forma especial. Foi bem difícil pensar em um Projeto que lucrasse, principalmente com o constante medo de uma concorrência mais forte. Mudamos de projetos inúmeras vezes, até, finalmente, chegarmos a este. Aprendi a calcular lucro, buscar melhorar o produto cortando gastos para aumentar o lucro, e diminuir o preço final do produto, além de fazer pesquisa de mercado”, pontua.

 

Já os alunos da 2ª Série do Ensino Médio participam do Projeto “Miniempresa”, que tem por objetivo proporcionar aos estudantes a experiência prática em economia e negócios, na organização e na operação de uma empresa. “O Projeto “Miniempresa” está sendo desenvolvido em jornadas semanais, com duração de 3 horas, realizadas na escola. Os estudantes aprendem conceitos de livre iniciativa, mercado, comercialização e produção. Segundo o professor Marcos Silva, neste Projeto, são explicados os fundamentos da economia de mercado e da atividade empresarial através do método ‘Aprender-Fazendo,’ em que cada participante se converte em um miniempresário  e os conceitos são passados através de discussões orientadas, exercícios escritos, trabalhos em grupo, simulações e jogos, proporcionando um ambiente agradável para a aprendizagem sob a supervisão do SEBRAE e do Projeto  ‘JUNIOR ACHIEVEMENT’.

 

Paz e Bem!