Técnicos da Eletrobras Distribuição Piauí ministram palestra para os alunos do 8º Ano do Ensino Fundamental

Os alunos do 8º Ano do Ensino Fundamental se reuniram na tarde desta quinta-feira, 24 de setembro, no Convívio Cultural, para uma palestra sobre Consumo Sustentável e Eficiência Energética com os técnicos Teresa Melo e Gilvan, da Eletrobras Distribuição Piauí. A palestra teve como objetivo levar aos alunos um amadurecimento do conteúdo de fontes energéticas e uma visão mais ampla sobre energias e com o uso racional e equilibrado pode minimizar o impacto no meio ambiente, evitando o desperdício.

A Eletrobras mantém canais permanentes de comunicação, diálogo e negociação com a sociedade e com as comunidades onde atua, visando a contribuir com soluções para os problemas sociais que afetam os segmentos populacionais em situação de risco social. Neste sentido, a empresa buscou realizar esta palestra na Escola, mostrando a importância do equilíbrio ecológico e socioambiental, além do apoio a projetos sociais.

Durante a ocasião, os técnicos contaram com a presença de duas integrantes do projeto social Associação Amigos da Sopa, parceiro socioambiental da Eletrobrás. “Devido o decreto 2.940, não podemos descartar material reciclável no meio ambiente. Então, nós montamos uma comissão que abriu uma licitação e buscou, através desse meio, um projeto social que se encaixasse dentro da legalidade para que doássemos esse material reciclável, que é papel, papelão e madeira. E a Associação Amigos da Sopa foi a beneficiada. Durante um ano, eles recolhem esse material e na comunidade o grupo realiza trabalho social com jovens que estão nas ruas, fazendo reciclagem e revertendo o dinheiro da venda do material em alimentação”, explicou a técnica da Eletrobras, Teresa Melo.

As representantes do projeto, Flávia Barbosa e Maria José Alves, explicaram aos alunos como funciona a parceria e como é realizado o projeto social, que fica localizado no bairro Santa Maria da Codipi, zona norte da capital.

“A Eletrobras desenvolve, dentro do quesito energia, um trabalho de sustentabilidade, equilíbrio ecológico e socioambiental. A escolha da Casa da Sopa foi feita por ser um projeto sério e coerente, dentro da perspectiva de destino socioambiental. Isso faz também um aspecto positivo para o meio ambiente, pois estão tendo aproveitamento de um bem que um órgão público não está precisando mais”, explicou o professor e geografia do IDB, Laércio.

A palestra foi excelente e os alunos absorveram de forma mais dinâmica todas as informações sobre consumo consciente e energia.

Paz e Bem!